Com gol nos acréscimos, Santa perde mais uma na Série D

 Três jogos sem vencer. Segunda derrota seguida - com gol no fim. A vida do Santa Cruz no Grupo 4 da Série D do Campeonato Brasileiro está cada dia pior. Diante da Juazeirense, nesta quarta (4), no Adauto Moraes, o Tricolor perdeu por 1x0, seguindo sem vencer no torneio. O clube é o lanterna da chave, com apenas um ponto. 

Para sair com a primeira vitória na Série D 2022, o Santa Cruz sabia que não poderia apenas esperar a Juazeirense. Mesmo com posse de bola inferior, o Tricolor marcou sob pressão, focando as ações ofensivas na esquerda, com Matheuzinho. No lado dos mandantes, Dadinha era o mais perigoso.

As melhores chances da primeira etapa surgiram nos minutos finais. Primeiro, com Rafael Furtado. O atacante recebeu bom passe de Daniel, fez o pivô e, na cara do gol, chutou por cima. Minutos depois, após bate rebate em escanteio, a Juazeirense balançou as redes, mas o bandeira assinalou impedimento.

Descontente com a postura ofensiva da equipe, o técnico Leston Júnior mexeu no setor, acionando Matheus Anderson e Rafael Macena nas vagas dos respectivos xarás, Matheuzinho e Furtado. 

O Santa pressionou nos minutos finais atrás do gol que tiraria o clube das últimas posições do Grupo 4. Rondou a área, arriscou algumas bolas de longe, mas não conseguiu romper a defesa da Juazeirense. Aos 47, veio a punição. Nixon recebeu cruzamento e pegou de primeira para ser o algoz coral na Bahia.

-

Retrô invicto

Na Arena de Pernambuco, o Retrô venceu o Globo/RN por 1x0, e permanece na liderança do Grupo 3, com nove pontos e 100% de aproveitamento.
 

Ficha técnica

Juazeirense 1
Rodrigo Calaça; Dadinha, Eduardo, Wendell e Daniel; Patrik (Nixon), Clebson (Talison) e Waguinho; Nildo Petrolina, Tauan e Ian. Técnico: Barbosinha

Santa Cruz 0 
Klever; Marcos Martins (Elyeser), Alex Alves, Júnior Sergipano, Dudu Mandai; Rodrigo Yuri, Daniel Pereira e Tarcísio (Fabrício); Matheuzinho (Mateus Anderson), Wescley e Rafael Furtado (Raphael Macena). Técnico: Leston Júnior.

Local: Estádio Adauto Morais (Juazeiro-BA)
Árbitro: Gustavo Nogas (PR)
Assistentes: Ledes Coutinho Neto, Carlos Eduardo Gussen e Irinaldo Silva (ambos da BA)
Gols: Nixon (aos 47 do 2ºT)
Cartões amarelos: Patrik, Waguinho, Daniel (J); Marcos Martins (S)

Post a Comment