Grupo protesta na Zona Sul do Recife contra a corrupção e a favor de renovação política

vem-pra-rua-wanessa.jpg

Uma jaula foi levada à Avenida Boa Viagem, com manifestantes vestidos de presidiários que usavam máscaras de políticos. Protestos convocados pelo Vem Pra Rua em outros estados tiveram baixa adesão.

m ato organizado pelo movimento ‘Vem Pra Rua’ levou, na tarde deste domingo (27), uma jaula ao Segundo Jardim da Avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Por dentro das grades, havia manifestantes vestidos de presidiários com máscaras de políticos como o presidente Michel Temer (PMDB), os senadores Humberto Costa e Gleisi Hoffmann (PT) e Renan Calheiros (PMDB), além dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, ambos do Partido dos Trabalhadores (PT).

“Essa jaula mostra que o povo quer punição para os políticos e as autoridades que cometeram crimes de corrupção. A nossa luta é por renovação política e contra essas manobras que os políticos estão fazendo para se manterem no poder”, afirmou ao G1 a porta-voz do movimento no Recife, Maria Dulce Sampaio.

Com concentração iniciada às 14h, o evento reuniu cerca de 600 pessoas, segundo a organização. A Polícia Militar (PM) de Pernambuco não divulga estimativa do número de participantes de protestos. O ato não complicou o trânsito na área porque o trecho em que os manifestantes se concentraram já é interditado aos domingos pela Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) para atividades de lazer.

Ao longo do ato, o grupo, em sua maioria usando roupas nas cores da bandeira brasileira, cantou o hino nacional. Um boneco gigante do ex-presidente Lula vestido de presidiário foi inflado no local e manifestantes também levaram faixas com frases como ‘STF, julgue os corruptos!’ e ‘Apoio à Lava Jato’. O protesto foi finalizado por volta das 16h.

Manifestações pelo país

Além do Recife, foram registrados protestos no Rio de Janeiro, em Belém (PA), Vitória (ES), Brasília e Belo Horizonte (MG), todos com baixa adesão. No Rio, manifestantes se concentraram na Praia de Copacabana para protestar contra a impunidade e pela renovação política nas eleições de 2018. Na capital paraense, segundo os organizadores do evento, cerca de 200 pessoas participaram do ato, que terminou na Av. Visconde de Souza Franco.

Na capital capixaba, o ato aconteceu na Praia de Camburi, onde o grupo fez um bandeiraço. Em Brasília, os manifestantes levaram crucifixos, bandeiras e faixas para o gramado em frente ao Congresso Nacional. Já na capital mineira, integrantes do movimento ‘Vem pra Rua’ realizaram o ato na Região Centro-Sul.

Compartilhe: