Governo quer estender auxílio emergencial por 2 meses

O governo federal planeja estender por mais dois meses o auxílio emergencial de R$ 250, até setembro deste ano, disse à Reuters uma fonte que acompanha o tema.

A extensão do programa será custeada por um crédito extraordinário de R$ 12 bilhões a ser enviado ao Congresso e outros R$ 7 bilhões que já estão disponíveis no orçamento autorizado para o programa.

De acordo com a fonte, a intenção é usar esses dois meses a mais para fazer uma ponte até a implementação do novo Bolsa Família, que o governo vem estudando.

O valor dessa nova versão do programa, no entanto, ainda não foi definido.

Compartilhe: