Diretoria do Náutico se diz tranquila sobre sondagem do Fluminense por Jean Carlos

Apesar das sondagens de times da elite do Brasil no meia Jean Carlos, o vice-presidente alvirrubro e homem forte do futebol, Diógenes Braga, afirmou que o clube está tranquilo em relação a continuidade do jogador no Náutico. De acordo com o dirigente, aliás, o interessado da vez é o Fluminense, mas outros times já apareceram anteriormente procurando saber a situação do meia.

“Essa questão de Jean é muito natural. Ele é um jogador de destaque no futebol brasileiro. Na minha opinião e da maioria das pessoas que acompanham de perto o futebol pernambucano é um dos principais jogadores no cenário nacional. Está muito bem”, afirmou o vice-presidente em entrevista à Rádio Jornal.
Diógenes se apega a dois cenários ao avaliar a permanência, sendo o primeiro a relação atleta-clube. O dirigente vê Jean Carlos realizado e grato ao clube, que o colocou novamente na vitrine do futebol nacional – antes de chegar à Rosa e Silva, o armador de 28 anos estava no Mirassol disputando o Campeonato Paulista.
“Está muito feliz no Náutico. Ele está ajudando muito o clube, é claro, mas o clube também fez muito por ele e ele tem um reconhecimento muito grande que o Náutico o reprojetou para o cenário nacional. Jean teve um início muito bom, um auge em 2016 e depois esteve em grandes clubes mas não conseguiu se projetar como pretendia. Então hoje está num cenário nacional acima do que estava em 2016. E ele tem consciência disso”.
Um outro ponto abordado pelo vice-presidente foi em relação ao contrato do meia com o Náutico. Com vínculo até o final de 2021, sugerindo um bom salário e afirmando que Jean Carlos tem uma cláusula rescisória alta,  Diógenes Braga vê o meia bem ‘amarrado’ ao clube.
“Jean é um jogador que tem um contrato justo. Não gosto de falar de valores, se são alto ou baixo, mas é um contrato justo que dá a ele tranquilidade de vida. Ele tem um contrato longo, não é curto. E tem uma multa muito alta. Então interesse qualquer clube pode ter. Mas para levar vai ter que procurar o Náutico e chegar numa condição financeira que o clube entenda que é justo. E nesse momento a intenção do clube não é se desfazer de Jean”, disse.
Jean Carlos vem, com sobras, sendo o principal jogador do Náutico na temporada. No geral, tem seis gols e quatro assistências em 13 partidas. As dez participações em bolas na rede, aliás, representam 41% dos gols alvirrubros – no total, o Timbu marcou 24 vezes em 2020. Diante desse bom aproveitamento, aliás, o empresário do meia, Nilson Moura, já havia afirmado ao Diario, na semana passada, que o jogador foi sondado por seis clubes.
“Estamos bem tranquilos em relação a isso, os contratos que fazemos são muito seguros e que a gente trata como forma muito tranquila e clara com os atletas. A grande questão é os atletas estarem felizes no clube. E Jean está muito feliz aqui. Não é uma sondagem que vai tirar a cabeça dele daqui. A gente projeta contar com Jean, seguir o ano e que ele ajude muito a gente. Que ano que vem ele esteja jogando a Série A, mas pelo Náutico”, finalizou Diógenes
Compartilhe: