Acordo com patrocínio master atrasa e Náutico deve jogar, por ora, com marca pontual

Desde o fim do ano passado, o Náutico enfrenta uma corrida para fechar com um novo patrocinador master. Há duas semanas, as tratativas evoluíram, mas voltaram a esfriar. Para garantir uma quantia importante para os cofres do clube, o Timbu vai atuar com um patrocinador pontual durante a segunda quinzena de fevereiro.

– A gente vai, inclusive, jogar com patrocinador pontual no restinho de fevereiro. No clássico (contra o Sport, pela Copa do Nordeste), no jogo contra o Botafogo, teremos um patrocinador (um patrocínio que ocupará o espaço destinado ao master), mas só durante um período, como o resto do mês de fevereiro, por exemplo. Mas esse patrocínio maior, o master definitivo, ainda não está fechado – disse o presidente do clube, Edno Melo.

O dirigente deu a entender que a burocracia é a principal barreira para o Náutico fechar com o patrocinador master. A empresa não será a mesma que vai estampar a camisa do time nos próximos jogos.

– Começo de ano é complicado para todo mundo. Mas eu acho que vamos fechar sim. Depende de outras coisas. Ainda depende de gente de fora do país para autorizar e fechar, por exemplo. É uma empresa maior. A empresa que estampará a marca como patrocinador pontual não é a mesma que estamos negociando para ser o master definitivo.

 

Compartilhe: