A volta ao Brasil da jornalista que abalou a cúpula da Globo

Depois de mais de 25 anos morando entre Portugal e Espanha, a jornalista Mirian Dutra decidiu passar um ano sabático no Brasil, em 2019. Vai desembarcar com seis malas e um yorkshire.

A revelação foi feita pela apresentadora Mariana Godoy em seu perfil no Instagram – as duas se encontraram para jantar dias atrás, em Barcelona.

Em abril de 2016, Mirian esteve no talk show de Mariana na RedeTV!. A entrevista gerou forte repercussão na imprensa e nos corredores do poder.

Pela primeira vez num canal de televisão, ela abriu o jogo a respeito de seu antigo relacionamento com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

O romance extraconjugal do líder tucano era do conhecimento de todos os jornalistas de política e fofoqueiros da alta sociedade de Brasília, mas foi mantido em sigilo. Ou quase.

mudança de Mirian Dutra e dos dois filhos – o mais velho, de um relacionamento anterior, e o caçula, que seria de FHC – sempre foi entendida como uma manobra para mantê-la longe dos holofotes e, assim, evitar um escândalo que manchasse a imagem do então presidente.

A ida da jornalista para Portugal e depois a transferência dela à Espanha teria sido um acordo entre FHC e a cúpula da Globo. A emissora não queria ser tragada para o centro da polêmica.

Considerada uma repórter competente, Mirian Dutra, que afirma ter se mudado ao exterior por vontade própria, logo foi tirada do vídeo.

Sua atuação como correspondente passou a ser apenas nos bastidores, bem longe das câmeras. Em 2016, o canal da família Marinho a dispensou.

Pouco depois, a jornalista fez um desabafo bombástico à revista BrazilcomZ, dirigida aos brasileiros residentes na Espanha. Em seguida, aterrissou em São Paulo para ficar frente a frente com Mariana Godoy na RedeTV!.

Na ocasião, Mirian criticou a maneira como a Globo a demitiu. “Foi deselegante você dispensar uma correspondente depois de 25 anos, por e-mail”.

A jornalista reclamou também de ter sido excluída do arquivo do canal. “Eu acho que a TV Globo apagou as imagens todas. Acho que eu não existo para a TV Globo”.

O retorno de Mirian Dutra ao Brasil deve reacender a curiosidade da imprensa e do público sobre a relação dela com a empresa da família Marinho e suas antigas ligações com o poder.

Como escreveu o poeta Mario Quintana, “o passado não reconhece seu lugar: está sempre presente”.

Compartilhe: